Você sabe quais são os tipos de manchas na pele? Descubra e saiba como tratá-los!

Vestibulum commodo volutpat laoreet
8 de maio de 2014
Melasma: saiba o que é essa mancha na pele, os tratamentos, e se há possibilidade de cura e prevenção
27 de abril de 2017
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Algumas manchas na pele são sinais de nascença ou podem surgir com o tempo, como consequências de exposição solar excessiva, alergias, doenças e envelhecimento. Em conversa com a dermatologista Tatiane Curi, de São Paulo, o DermaClub procurou saber quais são os tipos de manchas que podem aparecer na pele e os tratamentos para cada uma. Confira!

Conheça os tipos de manchas que podem surgir na sua pele

De acordo com a médica, as alterações na coloração da pele são causadas pelo depósito de pigmentos na derme e pela diminuição ou aumento da melanina – proteína responsável pela coloração da pele -, e seus efeitos podem ser classificados nas seguintes divisões:

1) Leucodermias ou Acromias: manchas brancas ocasionadas pela diminuição e ausência de melanina, respectivamente. Esses sintomas são comuns no albinismo, vitiligo e pitiríase versicolor – popularmente conhecida como pano branco;

2) Hipercromias ou manchas escuras: acontecem devido à produção excessiva de melanina. São comuns nas efélides (as famosas sardas), nevus (pintas e sinais), melasma – manchas escuras que aparecem, principalmente, na face da mulher devido ao sol, alterações hormonais, anticoncepcionais, gravidez e predisposição genética. E ainda existem as fitofotodermatoses, que são causadas por queimaduras e exposição solar de frutas cítricas como o limão, entre outras;

3) Manchas por depósito de substâncias exógenas: encontradas tanto na dermatite ocre, que são manchas arroxeadas ou marrons localizadas nas pernas e tornozelos devido à alteração vascular; quanto na carotenodermia, reconhecida por ser uma descoloração amarelada que ocorre devido ao depósito de carotenos na pele, pigmentos vegetais com cores que variam do amarelo ao vermelho.

Como é possível identificar que tipo de mancha de pele é cada uma?

De acordo com a Dra. Tatiane, nem sempre é fácil fazer essa identificação apenas observando. “A conversa com o paciente, a análise do seu histórico clínico e saber quais são os medicamentos que está tomando é imprescindível para realizar o diagnóstico”, disse. Algumas vezes também é necessário fazer uma biópsia para complementar e confirmar qual é a mancha existente.

Quais os tratamentos recomendados para cada mancha específica?

Para a médica, a primeira atitude a se tomar é identificar a causa da mancha para depois definir as opções terapêuticas. Para as manchas mais escuras, os tratamentos podem incluir medicamentos tópicos como clareadores e ácidos, intervenção cirúrgica ou a exclusão de medicamentos da rotina do paciente.

Já para manchas brancas, o cuidado depende da causa. Podem ser utilizados tratamentos que estimulem a célula que dá cor à pele, assim como medicamentos tópicos imunomoduladores e antifúngicos específicos orais.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Vote nesta página!
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Você também pode gostar